Quando deve trocar as escovas limpa-vidros do seu carro? Conselhos para detectar o seu desgaste

Quando deve trocar as escovas limpa-vidros do seu carro? Conselhos para detectar o seu desgaste

Preste atenção ao estado das escovas do seu veículo, uma vez que em momentos de chuva ou nevoeiro intenso, é fundamental que sejam eficazes para garantir uma circulação segura.

Na Feu vert dispomos de uma ampla gama de escovas, a preços diferentes, de acordo com as suas prestações. Também encontrará a nova tecnologia de escovas: Flat Blade ou braço plano.

SINTOMAS DE DESGASTE

Detectar se as escovas estão desgastadas é fácil:

  • Se sentir rugosidades e/ou cortes ao deslizar o dedo pelo fio da escova.
  • Se a superfície do pára-brisas não ficar totalmente limpa: Ficarem estrias, zonas húmidas ou zonas por limpar.
  • Se derem pequenos saltos contribuindo para que a escova não deslize suavemente sobre o vidro.
  • Se forem ouvidos ruídos durante o funcionamento da escova.
Se detectar qualquer um destes sintomas, recomendamos substituir as escovas

CONSELHOS FEU VERT PARA CUIDAR DAS ESCOVAS

  • Não accione as escovas quando existir neve acumulada no pára-brisas. O peso da neve pode provocar deformações no braço.
  • Não utilize água corrente como líquido limpa pára-brisas uma vez que se pode congelar e danificar a bomba. Além disso, o calcário da água pode entupir os orifícios do pulverizador.
  • Não utilize produtos com álcool como líquido limpa pára-brisas uma vez que ataca a borracha do fio da escova.

QUANDO É NECESSÁRIO MUDÁ-LAS

As escovas afastam a água e as partículas da superfície do pára-brisas graças a um contínuo movimento de vaivém. A fricção entre a escova e o vidro provoca o desgaste da superfície de fricção e dos pontos de fixação da escova.

Por outro lado, factores como o sol, o calor, o pó e o gelo atacam a borracha que constitui a parte da escova que limpa. Por esta razão, passado algum tempo, é preciso mudar as escovas.

O desgaste das escovas está relacionado com o seu uso frequente e com as agressões ambientais às quais estão expostas como o calor, as geadas, o pó e a areia.

De uma maneira geral, as escovas duram entre 18 e 24 meses.